Nunca é tarde para começar: opções de investimentos para 2020

Muitas pessoas tinham como meta começar a investir em 2020. No entanto, com a pandemia da Covid-19 e a grave crise financeira, esse plano foi deixado de lado devido à instabilidade econômica pela qual o país está passando.

Porém, ainda existem boas alternativas no mercado que podem apresentar uma boa rentabilidade. Nesse texto, trouxemos 04 opções de investimento, com foco em quem está começando a investir. Continue a leitura e confira!

01. Títulos públicos

Os Títulos Públicos, como o próprio nome sugere, são títulos emitidos pelo Tesouro Nacional para financiar as atividades do Governo Federal, como:  projetos de infraestrutura, educação, saúde, segurança, pagamento de dívidas internas, entre outros.

De forma prática, quem opta por esse investimento está emprestando dinheiro para o governo, para futuramente receber o valor emprestado com juros.

Existem 3 tipos de títulos públicos, com diferentes rentabilidades. Eles são classificados em: título prefixado, atrelado à taxa Selic e vinculado ao IPCA.

Título Prefixado

O rendimento desse título é predefinido e você consegue calcular qual o valor exato que será resgatado no vencimento. Ele apresenta alta volatilidade e  é valorizado de acordo com as projeções econômicas, sendo recomendado para aqueles que buscam segurança e garantia de rentabilidade.

Tesouro Selic

O rendimento desse título está vinculado à Taxa Selic. Isso significa que, quanto maior a taxa, maior será a rentabilidade do investimento. Porém, ao contrário do modelo anterior, você não consegue saber antecipadamente qual valor receberá..

A Taxa Selic corresponde à taxa básica de juros do Brasil, estipulada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM). Ela é responsável por estabelecer qual a taxa de juros que será cobrada pelas instituições financeiras, sendo utilizada como base para o cálculo de juros. Além disso, assume um papel fundamental para a regulação da inflação e no controle da emissão, compra e venda de títulos públicos.

Tesouro IPCA+

O Tesouro IPCA+, diferentemente dos outros títulos do Tesouro Direto, está vinculado à inflação, o que protege o capital de possíveis crises financeiras no país, no decorrer do tempo. 

Sua principal característica é o fato de ser um investimento híbrido. Isso significa que a rentabilidade é composta por uma parte variável que acompanha o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e uma parte fixa, determinada no momento da aplicação.

O IPCA+ apresenta dois formatos: o Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal) e Tesouro IPCA+ Juros Semestrais (NTN-B). Na primeira opção, o investidor recebe os rendimentos apenas na data de vencimento ou no resgate antecipado.

Essa é uma boa escolha para quem pretende investir a longo prazo e não necessita do dinheiro em um curto período de tempo. Já na segunda alternativa, pagam-se juros antecipados a cada seis meses. Ou seja, ao invés de receber toda a rentabilidade na data de vencimento, ela é adiantada, o que faz com que não seja necessário esperar até a data do vencimento para poder utilizar o dinheiro resultante da aplicação.

Essa opção é ideal para quem deseja uma renda extra por alguns anos, com uma taxa corrigida pela inflação.

02. CDBs

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa emitido pelos bancos. De forma geral, você empresta dinheiro para o banco arcar com despesas como empréstimos, cheques especiais, financiamentos, entre outros. Assim, após um período pré-estabelecido, a instituição financeira devolve o valor emprestado com juros.

Nesse modelo de investimento, você consegue saber antecipadamente a remuneração no ato da contratação do CDB. O valor variará de acordo com o total aplicado, com o prazo do CDB e com a estabilidade financeira do banco emissor.

Recomenda-se o CDB para 2020 por ser um investimento muito seguro, uma vez que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o qual garante o ressarcimento de até R$250 mil por pessoa, por conjunto de depósitos e investimentos em cada instituição ou conglomerado financeiro, tendo como limite o valor de R$ 1 milhão a cada quatro anos.

No entanto, mesmo com pouca probabilidade, corre-se o risco de o banco quebrar e não ressarcir o valor. Portanto, é necessário avaliar qual o banco escolhido e como está a sua situação financeira. Normalmente, recomenda-se investir naqueles que já possuem nome e são de grande porte.

03. LCI/LCA

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra Crédito do Agronegócio) são dois investimentos de renda fixa isentos de imposto de renda, ou seja, o valor do rendimento não sofrerá o desconto do Imposto de Renda.

Assim como os CDBs, ambos os títulos são emitidos por instituições financeiras que emprestam o dinheiro e o devolvem com juros. As Letras de Crédito Imobiliário são empréstimos concedidos ao setor imobiliário, podendo ser utilizados por sociedades de crédito imobiliário, associações de poupanças e empréstimo e companhias hipotecárias que desejam captar recursos.

Já a Letra de Crédito do Agronegócio concede empréstimo às atividades vinculadas à produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos ou insumos agropecuários, o que inclui máquinas e implementos utilizados no setor.

A LCI e LCA também possuem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos para investimentos de até R$250 mil, o que o faz um investimento muito seguro para esse momento de instabilidade financeira pelo qual estamos passando.

04. Debêntures

As debêntures são títulos de renda fixa emitidos por empresas privadas que captam recursos para quitar alguma dívida ou para o financiamento de determinados projetos.

Basicamente, você estará emprestando seu dinheiro para a organização e, em troca, receberá o rendimento anual pré-determinado no momento da compra do título. Por exemplo, um rendimento de 4,35% + o IPCA, índice que mede a inflação no país.

Comparado aos investimentos anteriores, as debêntures apresentam uma rentabilidade maior, porém  não possuem a garantia do FGC, ou seja, se a empresa emissora falir, você perderá o valor investido. Por isso, recomendamos essa opção para quem gosta de se arriscar.
Após essas dicas, esperamos que você comece a investir hoje mesmo.

Caso tenha alguma dúvida, estamos aqui!