O que mudou no bolso depois da pandemia?

Tempo de leitura: 4 min

Do quarto para a mesa de trabalho. Da sala para a cozinha. Da tela do celular para a tela do monitor. Quem aí se identifica? A pandemia do COVID-19 certamente ressignificou nosso conceito de locomoção e trabalho. Mas não foi só no transporte que as coisas mudaram drasticamente; foi em (quase) tudo.

Para muitos, o home office se tornou a nova rotina de trabalho. E apesar dos sentimentos mistos em relação ao modelo, não dá para negar que ele mudou muito a nossa forma de consumo: seja em produtos como em benefícios.

De um lado se economiza com transporte, roupas, happy hours e outros gastos inesperados que só quem passa a maior parte do dia fora de casa entende. Mas também tem o outro lado da moeda: novos gastos.

Estes podem ser um pouco mais difíceis de detectar. Mas pense: quando você percebeu que a cadeira da sua cozinha era terrível para trabalhar, o que fez? Provavelmente investiu em uma cadeira mais ergonômica, certo? E se não tinha uma mesa equipada para trabalhar com o computador, como ela foi montada? Sua empresa te mandou os equipamentos, ou precisou comprar itens de escritório? 

Isso sem falar no aumento do consumo em outros campos, como deliveries de comida (para os que não tiveram cabeça para cozinhar), utensílios de cozinha (para os entusiastas da culinária) e muitos outros. 

E a categoria “outros” realmente inclui muita coisa: eletrônicos, artigos de hobby, livros, filmes, jogos, assinatura de streaming, produtos digitais, serviços de saúde e bem-estar, itens de higiene (ouvi máscara PFF2 e álcool em gel??)… ufa! Já deu para perceber, né? Quais deles você sentiu que pesou mais no seu orçamento nos últimos meses?

Mas calma! A gente não veio só chorar junto tudo isso. O ponto é: nossos gastos e nossas vidas mudaram. Mas será que os benefícios da sua empresa acompanharam esta transformação?

Será que os tradicionais Vale Transporte e Vale Refeição ainda atendem às suas necessidades?  Se você continua em home office, seja 100% ou de modo híbrido, provavelmente concorda que estes benefícios engessados mais te limitam do que te ajudam. É disso que queremos falar.

Já ouviu o termo Benefícios Flexíveis? São aqueles benefícios que você pode usar e gerir do modo como quiser. Por exemplo: ao invés de usar um Vale Refeição que só é aceito naquele restaurante meia boca, você pode ter um cartão carregado de benefício que é aceito em todos os lugares. Isso mesmo. Dá para usar seu benefício de alimentação para ir naquele restaurante especial, mas também no PF do Seu João, na padaria da esquina, na bomboniere do bairro e onde mais sua fome te levar!

Esse é só um exemplo do que o Wiipo Flex é capaz de fazer por você. Mas não é só para alimentação, viu? É para mobilidade, diversão, cultura, saúde e muito mais. Dá para pagar a academia, a ração do seu pet, o delivery da pizza, seu streaming preferido e muito mais com um só cartão.

Mas e aí? Como faz para ter um?

O RH da sua empresa precisa escolher esta forma de benefício conosco. Mas não desanime. A empresa também tem um monte de vantagem em implantar o Wiipo Flex como benefício. Mas pode deixar que dessa parte a gente se preocupa em explicar! Agora, tudo que você precisa fazer é indicar o serviço que você mais quer para sua empresa.

Veja aqui todos os serviços disponíveis para colaboradores e use o formulário “quero indicar para o meu RH”. Daí, iremos entrar em contato com eles e explicar porque é tão maravilhoso (e fácil!) implantar benefícios flexíveis. 

Ah, e você pode indicar todos os serviços que quiser, ok? Inclusive, fica a dica! Já compartilhe com os amigos também e vamos demandar benefícios flexíveis que façam sentido com o nosso momento