06 dicas para economizar nas festas de fim de ano

  • por

O fim do ano é marcado por diversas festas e confraternizações. Porém, também é uma das épocas em que mais gastamos. Afinal, temos a ceia de natal, réveillon, decoração, presentes e impostos, como IPVA e IPTU.

Infelizmente, muitas pessoas têm dificuldade em conciliar todos esses gastos e comprometem o orçamento familiar por meses. Por isso, é fundamental ter um planejamento e se organizar. Assim, conseguimos reduzir as chances de problemas financeiros ao longo do ano.

Para ajudá-lo e garantir que você não comece 2021 no vermelho, separamos 06 dicas para economizar no final do ano.

01. Planeje-se

O primeiro passo para economizar nas festas é realizar um planejamento financeiro. Em um primeiro momento, anote todas as receitas do mês. Nessa época, costumamos receber dinheiro extra, como o décimo terceiro, bônus de fim de ano e participação nos lucros da empresa. Inclua todos esses valores em suas anotações, além do salário normal, é claro.

Em seguida, enumere as despesas fixas e variáveis do período. Assim, será possível analisar qual o montante disponível para gastar nas festas sem se endividar. No entanto, lembre-se de sempre reservar uma quantia para emergências.

02. Pesquise preços

Essa dica está diretamente relacionada à anterior. Quando deixamos o planejamento para a última hora, acabamos não dispondo de tempo suficiente para pesquisar preços

Portanto, assim que organizar suas receitas e gastos, faça uma lista com todos os itens que precisa comprar e pesquise  lojas que ofereçam descontos e promoções. Nessa época do ano, as pessoas costumam ser mais solidárias, então vale a pena tentar pedir um descontinho nas compras.

03. Não compre nada além do necessário

Caso você realize a ceia de Natal ou a festa do Ano Novo em sua casa, é fundamental saber quantas pessoas comparecerão. Assim, você consegue calcular a quantidade de comida e bebida que precisará comprar, evitando o desperdício de alimentos e dinheiro.

Outra dica que pode ajudar muito nesses momentos é dividir os gastos com os convidados ou pedir para cada integrante da família levar um prato diferente. Afinal, todos  vão comer e beber, certo?

04. Mude algumas tradições

Por uma questão cultural, temos o costume de realizar pratos mais elaborados nas festas de fim de ano. Porém, sabemos que esses ingredientes costumam ser mais caros justamente por serem utilizados apenas em datas especiais.

Caso você esteja com o orçamento curto, experimente substituir esses pratos tradicionais por outros mais simples e tão gostosos quanto. Lembre-se: preço alto não é sinônimo de qualidade.

Outra tradição que temos é distribuir presentes. Porém, esse hábito afeta – e muito – nossas finanças. Então, sugerimos dar presentes apenas para aqueles que são realmente próximos. Para os de pouco convívio, uma “lembrancinha” já está ótimo.

Outra alternativa para economizar nos presentes seria realizar um amigo-secreto com os convidados que  participarão da ceia de Natal. Assim, você precisará comprar apenas um presente e, no fim, todos ganham um presente e acabam economizando.

05. Evite parcelas

Parcelar os gastos quase nunca é uma boa ideia; com as festas do fim de ano não seria diferente. Gastar além do seu orçamento pode prejudicar o seu planejamento financeiro pessoal por um longo tempo. Lembre-se de que as festas acabam, mas as contas e boletos permanecem.

Além disso, no começo do ano, sempre temos gastos a mais, como: IPTU, IPVA, matrícula, materiais escolares e férias. Portanto, evite utilizar o cartão de crédito e dê preferência para pagamentos à vista. Assim, você reduz as chances de começar o ano no vermelho e criar dívidas.

Uma boa alternativa é aproveitar a renda extra que costumamos receber nessa época do ano e utilizá-la para a realização das festas. Dessa forma, as comemorações não vão  refletir tanto no seu orçamento.

06. Economize na decoração

A decoração costuma trazer vários gastos: árvore de Natal, bolinhas, guirlandas e pisca-piscas. Aqui, vale a mesma dica dos tópicos anteriores: planeje-se. Quanto antes você comprar os itens decorativos, maiores as chances de encontrar valores mais em conta.

Além disso, esses produtos costumam ser reaproveitáveis. Então, vale a pena procurar e verificar se não sobrou nenhum enfeite dos anos anteriores.Com essas dicas, esperamos que você consiga economizar nas festas do final de ano e começar 2021 sem nenhuma dívida. Qualquer dúvida, estamos aqui. 💜